Instituto Federal - MEC entrega campus Alagoinhas do Instituto Federal Baiano com investimento de R$ 11 milhões Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Notícias > Quase 4 milhões solicitam isenção da taxa de inscrição
Início do conteúdo da página

MEC entrega campus Alagoinhas do Instituto Federal Baiano com investimento de R$ 11 milhões

Publicado: Terça, 27 de Março de 2018, 17h35 | Última atualização em Quarta, 04 de Abril de 2018, 17h01 | Acessos: 493

alagoinhas II 27032018

Alagoinhas (BA), 27/3/2018 – O ministro da Educação, Mendonça Filho, entregou oficialmente, nesta terça-feira, 27, a primeira etapa do Campus Alagoinhas do Instituto Federal Baiano (IF Baiano), localizado naquela cidade, entre o Agreste e o Litoral Norte do estado. O novo espaço exigiu investimentos de cerca de R$ 11,3 milhões.  

O Campus IF Baiano foi autorizado a iniciar suas atividades em maio de 2016, com o curso de formação inicial e continuada em doces e conserva, em locais cedidos pela prefeitura municipal e Diocese local. Em 2017, após audiência pública, foram aprovados os cursos técnicos subsequentes em agroindústria (2017/1) e para 2018 os cursos de licenciatura em física, agroecologia (integrado) e pedagogia (especialização).

Mendonça Filho falou sobre a importância do projeto, que estava paralisado, para a educação na região de Alagoinhas. “O prédio, em todo o seu conjunto, foi muito bem elaborado, com qualidade para abrigar inúmeros estudantes ao longo da qualificação técnica profissionalizante, gerando outros horizontes em termos de futuro. Os benefícios serão vários para toda a comunidade”, afirmou. 

A primeira parte da obra foi iniciada em 2011, mas parou por uma série de problemas. Com a conclusão, a planta arquitetônica conta, agora, com um prédio administrativo composto por 38 salas e um auditório com capacidade para 220 pessoas, além de biblioteca, salas para gabinete odontológico, médico e enfermaria, e área de convivência. Já o prédio pedagógico possui 14 salas de aulas e 14 laboratórios com capacidade de atender 400 alunos por turno, 1.200 no total.

O campus também passa a oferecer aos 217 alunos atualmente matriculados, a partir de agora, um amplo refeitório, guarita de segurança, ruas pavimentadas, estacionamento e iluminação externa. A entrada recebeu duas pistas e as instalações também ganharam um canal de macrodrenagem, obras realizadas em parceria com a prefeitura municipal.

O reitor do Instituto Federal Baiano, Geovane Barbosa do Nascimento, mostrou satisfação com a entrega do projeto. “Esta parceria junto ao MEC e à prefeitura permitiu que estivéssemos aqui. Superamos vários problemas e o objetivo é oferecer mais cursos a partir do próximo ano”, afirmou. 

Os interessados em estudar no IF Baiano têm, até o momento, quatro alternativas de cursos: subsequente em agroindústria (140 alunos), integrado em agroecologia (80, a partir de 2018), vendas, por educação a distância (20) e formação inicial e continuada em doces e conservas (800 alunos atendidos, em 2016 e 2017). O campus conta com 51 servidores, sendo 15 docentes e 36 técnicos em educação.

“Temos certeza de que este novo espaço vai elevar ainda mais a pujança da nossa Alagoinhas, que se tornará, certamente, uma cidade com mais educação de qualidade. Agradecemos a todos que se empenharam neste projeto”, disse o prefeito de Alagoinhas, Joaquim Neto.

Origem - O Instituto Federal Baiano foi criado pela Lei 11.892/2008. Ele é formado por uma reitoria, sediada em Salvador, e 14 campi em funcionamento, sendo todos agrícolas, atuando no ensino profissionalizante nos níveis médio, técnico e superior.

Com uma política de expansão contínua, contempla o aprimoramento da qualificação do seu quadro docente e técnico administrativo e a ampliação da infraestrutura física, de equipamentos, máquinas e de acervo bibliográfico.

Assessoria de Comunicação Social

registrado em:
Fim do conteúdo da página